FPC RICHMOND CALIFORNIA

 

 

Primeira Igreja Presbiteriana de Richmond, CA

Uma Família e Muitas Faces!

 

              A Primeira Igreja Presbiteriana de Richmond é uma grande família.

                                  Nós amamos celebrar. Venha celebrar conosco!".

ESTUDO DO EVANGELHO DE JOÃO

CAPITULO 8

Tema: Cristo a luz e a liberdade da vida

Continuação da Segunda Parte: Cristo em conflito com os líderes judeus

 

I.                 A luz e a escuridão - 8:1-20 

 

          Eles trouxeram essa mulher a Jesus na corte das mulheres; no lugar do tesouro do templo (vs.20). O motivo: acusar Jesus (vs. 6) e colocá-lo numa situação embaraçosa. Se Ele livrasse a mulher, violaria a lei de Moisés (Lev. 20:10 O homem que adulterar com a mulher de outro, sim, aquele que adulterar com a mulher do seu próximo, certamente será morto, tanto o adúltero, como a adúltera”); se Ele dissesse que ela fosse apedrejada, não poderia afirmar ser Aquele que perdoa pecado. Arthur Pink sugere que Cristo escreveu com seu dedo duas vezes na terra para lembrar-lhe das duas tábuas da lei, escritas pelo dedo de Deus (Êx. 31:18 “Quando o SENHOR terminou de falar com Moisés no monte Sinai, deu-lhe as duas tábuas da aliança, tábuas de pedra, escritas pelo dedo de Deus”). Os judeus pecaram e Moisés quebrou a primeira tábua; mas Deus perdoou seu pecado, preveniu sacrifício de sangue, e deu-lhe uma segunda tábua. Cristo morreu pelos pecados daquela mulher, e foi capaz de perdoá-la quando O chamou de “Senhor”. 

          No vs. 12, temos a grande declaração “EU SOU”. Como a Luz do mundo, Cristo afirmou ser Deus; pois Deus é luz (I João 1:56). As trevas lembram-se da morte, da ignorância, e do pecado; a luz lembra-se da vida, do conhecimento, e da santidade. A luz reprova o pecado (João 3:20). O pecador perdido vive em trevas (EF. 2:1-3 , 4:17-19 e 5:8) e ficará eternamente nas trevas (Mat. 25:30) se rejeitar a Cristo. Os judeus, em lugar de submeter-se a Cristo, discutiram com Ele no templo! 

 

II.             O céu e a terra - 8:21-30 

 

          Há dois nascimentos: de cima, sendo nascido de novo pelo Espírito de Deus; e de baixo, sendo nascido da carne. E há duas maneiras para morrer: morrer no pecado - o pecador morre nos seus pecados; morrer no Senhor  o crente morre no Senhor (Apoc. 14:13Então ouvi uma voz dos céus dizendo: “Escreva: Felizes os mortos que morrem no Senhor de agora em diante”. Diz o Espírito: “Sim, eles descansarão das suas fadigas, pois as suas obras os seguirão”.). A fé em Jesus Cristo faz a diferença. 

Jesus lhes disse que veio do céu. O Pai o enviou (vs. 26), O ensinou (vs. 28), e estava com Ele (vs. 29). O Pai só abandonou Seu Filho quando Cristo foi feito pecado por nós na cruz. No vs. 28, Cristo fala de ser levantado, que significa a crucificação. Ele disse isso a Nicodemos em 3:14-16; e falará outra vez disso em 12:32-34. 

 

III.         A liberdade e a escravidão - 8:31-40 

 

          Os judeus que creram (vs. 30) foram exortados a provar sua fé pela fidelidade. A fé em Cristo faz do pecador um filho de Deus, mas permanecendo na Palavra e conhecendo a verdade (e vivendo-a) faz-se um discípulo (vs. 31). Cristo está falando da escravidão e liberdade espiritual. O pecador perdido está sob a escravidão da concupiscência, do pecado (Tito 3:3 Houve tempo em que nós também éramos insensatos e desobedientes, vivíamos enganados e escravizados por toda espécie de paixões e prazeres. Vivíamos na maldade e na inveja, sendo detestáveis e odiando uns aos outros”), de satanás, e do mundo (Ef. 2:1-2 “Vocês estavam mortos em suas transgressões e pecados, dos quais costumavam viver, quando seguiam a presente ordem deste mundo e o príncipe do poder do ar, o espírito que agora está atuando nos que vivem na desobediência”). Ele é liberto da escravidão quando crê, aceita e recebe a verdade em Cristo. 

          Os judeus disseram que eram superiores, maiores, santos, justos, como homens e povo escolhido, o que é contar suas vantagens da carne. Veja: “Somos descendência de Abraão!”. Disseram a mesma coisa a João o Batista (Mat. 3:89-9). Jesus cuidadosamente faz uma distinção aqui entre a descendência de Abraão (fisicamente, vs. 37) e os filhos de Abraão (espiritualmente, vs. 39). Paulo faz a mesma distinção em Romanos. 2:28-29, 4:9-12 e 9:6; também Gál. 4:22-29) 

          Há gente que vai para o inferno porque confunde as coisas físicas com as coisas espirituais. Jesus falou com Nicodemos sobre o nascimento espiritual, e ele perguntou sobre o nascimento físico (3:4). Cristo ofereceu a mulher de Samaria a vida eterna (água viva) e ela falou sobre a água natural (4:15). A CARNE PARA NADA APROVEITA (6:63)! A salvação é uma experiência espiritual, e o nascimento físico não tem nada a ver com isso. 

 

IV.           Os filhos de Deus e os filhos de satanás - 8:41-47 

 

          A Bíblia fala de 4 tipos diferentes de “filhos espirituais”. Nascemos por natureza filhos da ira (Ef. 2:3). Quando alcançarmos a idade de rebelião e pecado feito com deliberação, tornamo-nos filhos da desobediência (Ef. 2:2). Quando colocamos nossa fé em Cristo, tornamo-nos filhos de Deus (1:12). Mas as pessoas que rejeitam a Cristo e preferem se justificar (justiça falsificada pelo diabo) é um filho maligno, ou seja, um filho do diabo. (Mat. 13:24-30 , 36-43). Jesus revela as características dos filhos do diabo: 

(a) Não deixam entrar a Palavra de Deus, vs. 37 

(b) Confia em coisas da carne - nascimento físico, obras, cerimônias, etc., vs. 39 

(c) Odeiam Cristo e procuram matá-lo, vs. 40,44 (satanás é homicida) 

(d) Não amam a Cristo nem as coisas dEle, vs. 42 

(e) Não entendem a Palavra, vs. 43 (satanás cegou os olhos deles) 

(f) São mentirosos e gostam da mentira, mais do que a verdade, vs. 44 

(g) Não escutam a Palavra de Deus, vs. 47 

Lembrem-se que esses filhos do diabo não eram imorais, bêbados, ou jogadores; eram homens religiosos que rejeitaram a Cristo!  

Hoje em dia, muito do que é chamado “cristianismo” NÃO É verdadeira religião baseada na Bíblia; ao contrário, é falsificação do diabo. (II Cor. 11:14). Milhões de pessoas hoje em dia estão enganadas pelo diabo, “tendo APARÊNCIA DE PIEDADE, mas negando a eficácia dela”. ( II Tim. 3:5) 

 

V.               A honra e a desonra - 8:48-59 

 

     Deus honra Seu Filho, mas homens que se justificam O desonram. Os judeus O desonram, chamando-O um samaritano e acusando-O de ter demônio (vs. 48). (Os samaritanos eram vagabundos aos olhos dos judeus). Jesus diz que Abraão viu o Seu dia e alegrou-se (vs. 56). Como é que Abraão viu o dia de Cristo? PELA FÉ (Hebreus. 11:10-16).  

Abraão viu um tipo de Cristo quando antes de oferecer Isaque no altar viu o animal, o CORDEIRO que Deus mandou para substituí-lo. O próprio nascimento do seu filho prometido, Isaque, foi um tipo da vinda de Cristo. Deus compartilhava muitos segredos com seu amigo Abraão por causa da sua fé e obediência (Gên. 18:16-22). 

Quando a Luz da Palavra de Deus chega ao coração, o homem tem que o aceitá-lo e ser salvo, ou rejeitá-la e ficar perdido. Veja como esses judeus religiosos e que justificam a si mesmos odiavam a Cristo e tentaram matá-lo! Isso é prova que eles eram filhos de satanás, o assassino!  

Jesus afirmou ser Deus Jeová quando disse, “Antes que Abraão existisse, EU SOU” (Êx. 3:14). No vs. 24, Ele também disse, “Quando levantardes o Filho do homem, então conhecereis quem EU SOU...” A mentira de satanás é que Jesus não é o Filho de Deus (I João 2:22 “Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? Este é o anticristo: aquele que nega o Pai e o Filho”, 4:1-3 “Amados, não creiam em qualquer espírito, mas examinem os espíritos para ver se eles procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo. 2 Vocês podem reconhecer o Espírito de Deusb deste modo: todo espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne procede de Deus; 3 mas todo espírito que não confessa Jesus não procede de Deus. Esse é o espírito do anticristoc, acerca do qual vocês ouviram que está vindo, e agora já está no mundo.”). É impossível honrar a Deus e ao mesmo tempo desonrar e rejeitar a Cristo! (5:23) 

Aplicação prática: 

(1) Você está andando na luz ou nas trevas do pecado? 

(2) Você está dependendo da sua descendência humana, ou no nascimento do céu? 

(3) Você é um dos filhos de Deus ou é um escravo do diabo? 

(4) Você está em perigo de estar perdido eternamente? 

(5) Você quer confiar em Cristo hoje e dá-lO a honra que Ele merece? 

Sermões

 

Sermões

 

Cânticos no Youtube

 

Fotogalery

 

Pagina da "First Presbyterian Church in Richmond"

 

 

 

Primeira Igreja Presbiteriana de Richmond

3415 Barret Ave

Richmond, CA 93805

Pastor Alcenir Oliveira

510 375-5326

alceniro@hotmail.com

iprichmond@hotmail.com

www.iprichmond.com