FPC RICHMOND CALIFORNIA

 

 

Primeira Igreja Presbiteriana de Richmond, CA

Uma Família e Muitas Faces!

 

              A Primeira Igreja Presbiteriana de Richmond é uma grande família.

                                  Nós amamos celebrar. Venha celebrar conosco!".

ESTUDO DO EVANGELHO DE JOÃO

CAPITULO 2

O primeiro milagre de Jesus

Algumas igrejas ensinam que Cristo fez milagres enquanto ainda era criança, mas João 2:11 nos ensina que a transformação de água em vinho foi o PRINCÍPIO dos sinais ou milagres. Lembra-se que João escreveu estes milagres para provar a divindade de Jesus (João 20:30-31), e para que todos possam crer nele e ser salvos. Nosso estudo deste primeiro milagre está dividido em três partes: (1) A verdade dispensativa, (2) A verdade doutrinal, e (3) A verdade prática.

I. A verdade dispensativa (a falha de Israel)

Israel não conheceu seu próprio Messias. “No meio de vós está um a quem vós não conheceis”, João 1:26. As bodas de Caná é um tipo da nação de Israel; o vinho acabou e o Messias ficou pronto a lhes ajudar. As seis talhas de pedra foram usadas para lavagem cerimonial. A nação de Israel estava sem alegria (vinho na Bíblia é tipo de alegria - Sal. 104:15 ; Juiz. 7:13) e sem esperança. A nação teve cerimônias externas mas não teve nada para se satisfazer por dentro.

Um dia no futuro, Cristo trará alegria a Israel quando Israel aceitar Cristo como Rei. Até chegar aquele dia Jesus tem que dizer a Israel, “Que tenho eu contigo?” João 2:4. Israel rejeitou Jesus e não aceitou-LO até aquele dia que Jesus voltará com grande poder e glória.

II. A verdade doutrinal (como um pecador está salvo)

Este primeiro milagre nos ensina que a salvação é pela Palavra de Deus. Note os símbolos:

1. A multidão com sede - É um retrato do mundo hoje em dia. O povo está gozando os prazeres do pecado mas não está achando satisfação nestes prazeres e logo vão acabar. A Bíblia convida pecadores com sede a Cristo para achar salvação e satisfação - João 4:13-14 ; 7:37 ; Isaías. 55:1 ; Apoc. 22:17.

2. Vasos vazios - É um retrato do coração do homem que é duro a vazio. A vida do pecador pode parecer muito boa por fora, mas por dentro Deus sabe que está vazia e sem esperança, porque falta ainda a vida eterna que vem só de Cristo.

3. Vasos cheios de água - Água, quando usada para purificação, é um tipo de Palavra de Deus. (Ef. 5:26 ; João 15:3). Os servos simplesmente encheram os vasos de água como o servo de Deus enche o incrédulo com a Palavra de Deus. É Deus que traz a mensagem desta tão grande salvação.

4. Água feita vinho - Depois de encher o coração do pecado com a palavra, Cristo pode fazer o milagre de salvação. Em Atos 8:26-40, Filipe encheu o eunuco com a Palavra, o eunuco creu, foi salvo, e saiu jubiloso.

5. O terceiro dia (vs. 1). - O terceiro dia sempre nos faz lembrar a ressurreição porque Cristo ressuscitou dos mortos no terceiro dia. Provavelmente este milagre aconteceu no domingo. João 1:19-28 é o primeiro dia, João 1:29-34 é o segundo dia, João 1:35-39 é o terceiro dia, João 1:40-42 é o quarto dia, André trouxe Pedro a Cristo no quinto dia em João 1:43-51, e as bodas foram 3 dias ou no oitavo dia. Isto nos faz pensar da ressurreição e duma nova criatura ( II Cor. 5:17).

6. O princípio dos milagres (v. 11). Salvação é o princípio dos milagres e depois de ser salvos Deus faz um milagre depois de outro na vida do crente. E os milagres que Deus faz faz trazem honra e glória ao Seu Filho.

III. As verdades práticas (como servir a Cristo)

As palavras de Maria em vr. 5 devem, também, ser um mandamento para todos os crentes - “Fazei tudo quanto Ele vos disser.”. Eu tenho certeza que os servos acharam loucura Jesus mandar eles encheram os vasos de água, mas Deus usa o que parece loucura para “confundir as sábias” (I Cor. 1:27). Se queremos ver a salvação dos homens temos que obedecer a Jesus e entregar-lhes a Palavra de Deus. Nada neste mundo pode salvar a alma do homem além da Palavra de Deus, que é a Bíblia.

Outros pensamentos:

1. Quando Jesus falou com Maria e usou a palavra “mulher”, Ele não mostrou falta de respeito, ao contrário, Ele mostrou respeito na linguagem do dia em que Ele vivia.

2. Nota a “hora” de Cristo no evangelho de João: 2:4 ; 7:30 ; 8:20 ; 12:23 ; 12:27 ; 16:32 ; e 17:01. Jesus viveu de acordo com a vontade de Deus e foi impossível para o mundo fazer algum mal para Cristo antes da sua “hora”.

 

Capítulo 2 - Jesus Transforma Água em Vinho

1 No terceiro dia houve um casamento em Caná da Galiléia. A mãe de Jesus estava ali; 2 Jesus e seus discípulos também haviam sido convidados para o casamento. 3 Tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: “Eles não têm mais vinho”.

4 Respondeu Jesus: “Que temos nós em comum, mulher? A minha hora ainda não chegou”.

5 Sua mãe disse aos serviçais: “Façam tudo o que ele lhes mandar”.

6 Ali perto havia seis potes de pedra, do tipo usado pelos judeus para as purificações cerimoniais; em cada pote cabiam entre oitenta e cento e vinte litros e 7 Disse Jesus aos serviçais: “Encham os potes com água”. E os encheram até a borda.

8 Então lhes disse: “Agora, levem um pouco ao encarregado da festa”. Eles assim fizeram, 9 e o encarregado da festa provou a água que fora transformada em vinho, sem saber de onde este viera, embora o soubessem os serviçais que haviam tirado a água. Então chamou o noivo 10 e disse: “Todos servem primeiro o melhor vinho e, depois que os convidados já beberam bastante, o vinho inferior é servido; masvocê guardou o melhor até agora”.

11 Este sinal miraculoso, em Caná da Galiléia, foi o primeiro que Jesus realizou. Revelou assim a sua glória, e os seus discípulos creram nele.

Jesus Purifica o Templo

12 Depois disso ele desceu a Cafarnaum com sua mãe, seus irmãos e seus discípulos. Ali ficaram durante alguns dias.

13 Quando já estava chegando a Páscoa judaica, Jesus subiu a Jerusalém. 14 No pátio do templo viu alguns vendendo bois, ovelhas e pombas, e outros assentados diante de mesas, trocando dinheiro. 15 Então ele fez um chicote de cordas e expulsou todos do templo, bem como as ovelhas e os bois; espalhou as moedas dos cambistas e virou as suas mesas. 16 Aos que vendiam pombas disse: “Tirem estas coisas daqui! Parem de fazer da casa de meu Pai um mercado!”

17 Seus discípulos lembraram-se que está escrito: “O zelo pela tua casa me consumirá”.

18 Então os judeus lhe perguntaram: “Que sinal miraculoso o senhor pode mostrar-nos como prova da sua autoridade para fazer tudo isso?”

19 Jesus lhes respondeu: “Destruam este templo, e eu o levantarei em três dias”.

20 Os judeus responderam: “Este templo levou quarenta e seis anos para ser edificado, e o senhor vai levantá-lo em três dias?” 21 Mas o templo do qual ele falava era o seu corpo. 22 Depois que ressuscitou dos mortos, os seus discípulos lembraram-se do que ele tinha dito. Então creram na Escritura e na palavra que Jesus dissera.

23 Enquanto estava em Jerusalém, na festa da Páscoa, muitos viram os sinais miraculosos que ele estava realizando e creram em seu nome. 24 Mas Jesus não se confiava a eles, pois conhecia a todos. 25 Não precisava que ninguém lhe desse testemunho a respeito do homem, pois ele bem sabia o que havia no homem.

 

Sermões

 

Sermões

 

Cânticos no Youtube

 

Fotogalery

 

Pagina da "First Presbyterian Church in Richmond"

 

 

 

Primeira Igreja Presbiteriana de Richmond

3415 Barret Ave

Richmond, CA 93805

Pastor Alcenir Oliveira

510 375-5326

alceniro@hotmail.com

iprichmond@hotmail.com

www.iprichmond.com