FPC RICHMOND CALIFORNIA

 

 

Primeira Igreja Presbiteriana de Richmond, CA

Uma Família e Muitas Faces!

 

              A Primeira Igreja Presbiteriana de Richmond é uma grande família.

                                  Nós amamos celebrar. Venha celebrar conosco!".

ESTUDO DO EVANGELHO DE JOÃO

CAPITULO 1

Tema: A divindade de Cristo

O Evangelho de João é “Jesus, o Filho de Deus” (20:30-31) e este primeiro cap. Prova que é verdade. Neste cap. Achamos que Cristo é o Filho de Deus por causa dos seus NOMES, suas OBRAS, e as TESTEMUNHAS que presenciaram a vida de Cristo.

 

I. Os nomes de Cristo provam que Ele é o Filho de Deus

 

1.                         Jesus é o verbo (1:1-3,14).

1-3 (No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. Ele estava com Deus no princípio.. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele; sem ele, nada do que existe teria sido feito. Nele estava a vida, e esta era a luz dos homens. A luz brilha nas trevas, e as trevas não a derrotaram).

14 (Aquele que é a Palavra tornou-se carne e viveu entre nós. Vimos a sua glória, glória como do Unigênito)

Com minhas palavras revelam meus pensamentos aos leitores destas apostila, assim Cristo revela a mente e o coração de Deus aos homens. “Quem me vê a mim vê o Pai” João 14:9. Uma palavra consiste de letras; Cristo é o Alfa e o Ômega (a primeira e a última letra do alfabeto grego) que mostra o amor de Deus aos homens. No primeiro capítulo de Gênesis Deus criou através da Sua Palavra; Col. 1:16 (pois nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos ou soberanias, poderes ou autoridades; todas as coisas foram criadas por ele e para ele.) e II Pedro. 3:5 (Mas eles deliberadamente se esquecem de que há muito tempo, pela palavra de Deus, existem céus e terra, esta formada da água e pela água) nos mostram que esta Palavra é Cristo. Através da natureza e da pregação dos homens, o mundo pode conhecer Deus em parte; mas somente em Cristo podemos conhecer Deus completamente (Hebreus. 1:1-2 - Há muito tempo Deus falou muitas vezes e de várias maneiras aos nossos antepassados por meio dos profetas, mas nestes últimos dias falou-nos por meio do Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas e por meio de quem fez o universo.). Cristo, a Palavra de Deus, traz graça e verdade (João 1:14,17 - Aquele que é a Palavra tornou-se carne e viveu entre nós. ... Vimos a sua glória, glória como do Unigênito vindo do Pai, cheio de graça e de verdade. Pois a Lei foi dada por intermédio de Moisés; a graça e a verdade vieram por intermédio de Jesus Cristo.), mas se o homem não aceitar Jesus esta mesma Palavra virá com ira e juízo (Apoc. 19:13). A Bíblia é a palavra de Deus escrita, e Cristo é a Palavra de Deus Viva.

2. Jesus é a Luz (1:4-13).

A primeira coisa que Deus criou em Gênesis cap. 1 foi a luz, porque de luz vem a vida. Jesus é a luz VERDADEIRA, ou a luz ORIGINAL que é a fonte de toda a vida. No Evangelho de João achamos o conflito entre a luz (Deus, vida eterna) e a escuridão (Satanás, morte eterna). Notamos esta verdade em João 1:5 ; 3:19-21 ; 8:12 e 12:46. Em II Cor. 4:3-6 a salvação está representa como a luz entrando no coração escuro do pecador.

(LEIA - II Cor. 4:3-6 - Mas se o nosso evangelho está encoberto, para os que estão perecendo é que está encoberto. O deus desta era cegou o entendimento dos descrentes, para que não vejam a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus. Mas não pregamos a nós mesmos, mas a Jesus Cristo, o Senhor, e a nós como escravos de vocês, por causa de Jesus. Pois Deus, que disse: “Das trevas resplandeça a luz”[a], ele mesmo brilhou em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus na face de Cristo).

3. Jesus é o Filho de Deus (1:15-18,30-34,49).

Foi esta afirmação que provocou os judeus a perseguirem a Cristo (10:30-36). Pelo menos 6 pessoas no Evangelho de João chamaram Cristo de “O Filho de Deus”:

• João o Batista - 1:34 • Natanael - 1:49 • Pedro - 6:69 • O cego que foi curado - 9:35-38

• Marta - 11:27 • Tomé - 20:28. O homem que não aceita o fato de que Cristo é o Filho de Deus não pode ser salvo (8:24).

4. Jesus é o Cristo (1:19-28,35-42).

Este nome significa “O Ungido” ou “Messias”. Os judeus esperaram o messias e assim duvidaram as palavras de João o Batista. Até os samaritanos esperaram o messias (4:25,42). Qualquer judeu que disse “Eu sou Cristo” foi expulso da sinagoga (9:22)

5. Jesus é o Cordeiro de Deus (1:29,35-36).

As palavras de João nestes versos é a resposta à pergunta de Isaque, “Onde está o cordeiro para o holocausto?” (Gên. 22:7). O cordeiro de Êx. 12 e o cordeiro do sacrifício em Isaías cap. 53 eram tipos de Cristo. No Velho Testamento achamos MUITOS cordeiros, mas Cristo é o CORDEIRO de Deus. Os cordeiros do Velho Testamento simplesmente COBRIAM pecados (Hebreus. 10:1-

4) Aquele que TIRA pecado. (1:29).

Os cordeiros do Velho Testamento cobriram somente os pecados de Israel mas o Cordeiro de Deus tira o pecado de “todo aquele que nele crê” (3:16)

 6. Jesus é o Rei de Israel (1:43-49).

Israel estava cansada do Império Romano e desejavam um rei. Depois que Cristo multiplicou os pães o povo O conheceu como o seu rei, mas Jesus não aceitou a proposta deles e mais tarde quando se ofereceu ao povo como rei (12:12-19), eles gritaram pouco depois “Não temos rei, senão o César” (19:15)

7. Jesus é o Filho do Homem (1:50-51).

Este nome está baseado em Daniel 7:13-14 ("Na minha visão à noite, vi alguém semelhante a um filho de um homem, vindo com as nuvens dos céus. Ele se aproximou do ancião e foi conduzido à sua presença. A ele foram dados autoridade, glória e reino; todos os povos, nações e homens de todas as línguas o adoraram. Seu domínio é um domínio eterno que não acabará, e seu reino jamais será destruído) e cada judeu sábia que o nome significava “Divindade”. Os judeus perguntavam acerca do “Filho do Homem” em 12:34. Aqui, nos versos 50-51, Jesus referiu-se à “escada de Jacó” (Gên. 28:10-17 - Jacó partiu de Berseba e foi para Harã. Chegando a determinado lugar, parou para pernoitar, porque o sol já se havia posto. Tomando uma das pedras dali, usou-a como travesseiro e deitou-se. E teve um sonho no qual viu uma escada apoiada na terra; o seu topo alcançava os céus, e os anjos de Deus subiam e desciam por ela. Ao lado dele estava o Senhor, que lhe disse: "Eu sou o Senhor, o Deus de seu pai Abraão e o Deus de Isaque. Darei a você e a seus descendentes a terra na qual você está deitado. Seus descendentes serão como o pó da terra, e se espalharão para o Oeste e para o Leste, para o Norte e para o Sul. Todos os povos da terra serão abençoados por meio de você e da sua descendência. Estou com você e cuidarei de você, aonde quer que vá; e eu o trarei de volta a esta terra. Não o deixarei enquanto não fizer o que lhe prometi". Quando Jacó acordou do sono, disse: "Sem dúvida o Senhor está neste lugar, mas eu não sabia! " Teve medo e disse: "Temível é este lugar! Não é outro, senão a casa de Deus; esta é a porta dos céus"). Cristo é a “escada de Deus” entre o céu e a terra, revelando Deus aos homens, levando os homens salvos a Deus.

II. As obras de Jesus provam que Ele é o Filho de Deus

1. Jesus Criou o mundo (1:1-4).

esus estava no princípio com Deus e foi o meio divino pelo qual o mundo foi criado.

2. Jesus salva o homem (1:9-13).

Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores (I Tim. 1:15 - Esta afirmação é fiel e digna de toda aceitação: Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o pior). Quem aceita Jesus nasce de novo, “não do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus” (João 1:13). Salvação é um dom gratuito de Deus e nós aceitamos pela fé o que Cristo já fez pela sua obra na cruz do Calvário.

3. Jesus revela Deus aos homens (1:15-18).

Moisés deu a lei que revela o pecado e condena o homem, mas Cristo revela a graça e a verdade do verdadeiro Deus.

4. Jesus batiza com o Espírito Santo (1:33).

Neste primeiro cap. de João achamos a trindade: O Pai (1:14,18) ; O Filho (1:14,18) ; e O Espírito Santo (1:32-34). Quando João Batista viu o Espírito Santo descendo ele reconheceu pela primeira vez com certeza o Senhor Jesus; nós conhecemos Jesus também através do Espírito Santo de Deus que abre os nossos olhos.

5. Jesus conhece o coração dos homens (1:42,47-48).

Jesus conhece o homem melhor que o homem conhece a si mesmo (2:23-25)

6. Jesus perdoa pecados (1:29).

Ninguém neste mundo pode perdoar o pecado. Jesus é o único Salvador que existe.

7. Jesus abre o caminho ao céu (1:50-51).

O pecador está perdido e seguindo o caminho errado mas Jesus é a “escada de Deus” que termina no céu. (Gên. 28:10-17 - JÁ LIDO NO ITEM I-7 ).

 

III. Testemunhas provam que Jesus é o Filho de Deus

João usa muito a palavra testemunho, testemunha, testificar, etc. No seu Evangelho. Podemos confiar nestas testemunhas porque presenciaram a vida de Cristo pessoalmente e não ganharam nada do mundo para testificar de Cristo (ao contrário, sofreram) e nunca achamos uma mentira no testemunho da Bíblia. Estes discípulos podem ser testemunhas diante de qualquer juiz hoje em dia.

1. João o Batista - 1:7,15,29 e 5:35; 2. João o apóstolo - 1:14 - “vimos a sua glória”; 3. Os profetas do Velho Testamento - 1:23,45 - Sem dúvidas Natanael estava lendo os livros de Moisés quando Felipe o achou. 4. O Espírito Santo - 1:33-34; 5. André - 1:41; 6. Felipe - 1:45; 7. Natanael - 1:49.

 

Sermões

 

Sermões

 

Cânticos no Youtube

 

Fotogalery

 

Pagina da "First Presbyterian Church in Richmond"

 

 

 

Primeira Igreja Presbiteriana de Richmond

3415 Barret Ave

Richmond, CA 93805

Pastor Alcenir Oliveira

510 375-5326

alceniro@hotmail.com

iprichmond@hotmail.com

www.iprichmond.com